Dê voz ao seu cabelo - Parte 7. Cuidados para cabelos encaracolados

Dê voz ao seu cabelo - Parte 7. Cuidados para cabelos encaracolados

As pessoas que têm o cabelo encaracolado devem recordar-se que este tipo de cabelo requer uma rotina de cuidados especiais. O cabelo encaracolado tem uma estrutura irregular, tendência para perder humidade e tornar-se baço e está sujeito a danos. Como cuidar do cabelo encaracolado para o tornar saudável e resistente? Aparentemente, a pista não está escondida em mais lado nenhum, a não ser no seu cabelo.

Muitas mulheres sonham ter o cabelo encaracolado e espesso. Quem tem cabelo liso considera as ondas e os caracóis como um prémio de lotaria. No entanto, na prática, o cabelo encaracolado é muito mais exigente! Requer cuidados especializados e acarreta mais problemas do que se possa pensar. Para responder à questão de como cuidar do cabelo encaracolado, o melhor é prestar-lhe mais atenção! Basta informar-se sobre os factos que o caracterizam e analisá-lo com atenção.

CABELO ENCARACOLADO - CARACTERÍSTICAS

À primeira vista, vemos um cabelo cheio de caracóis muito volumoso. Para algumas pessoas, pode parecer que esta é a única coisa que distingue este tipo de cabelo dos outros. No entanto, as diferenças mais significativas estão escondidas um pouco mais fundo. Para vê-las mais de perto, é aconselhável utilizar um microscópio. Depois, aprenderá que o o aspeto da secção transversal é completamente diferente do cabelo liso. O facto de o cabelo encaracolar é determinado pela sua estrutura - o cabelo ondulado é ligeiramente achatado (elipse), o cabelo encaracolado é plano e o cabelo cacheado assemelha-se a um rim.

Além disso, o cabelo encaracolado é muito mais delicado e sensível aos efeitos dos elementos externos. Como surge? Os caracóis naturais são mais finos nos locais da sua curvatura e, como tal, tornam-se mais frágeis e quebradiços. Além disso, não têm uma camada de cutículas bem unidas e sobrepostas que ficas planas como no caso do cabelo liso. Nas curvas, as pequenas cutículas de queratina levantam-se involuntariamente. É por isso que o cabelo encaracolado é muito poroso por natureza, mas, claro, também esta regra tem exceções.

Outro problema com o qual as pessoas que têm cabelo encaracolado se debatem é a tendência para perder humidade. Este tipo de cabelo está frequentemente desidratado, o que também está relacionado com a sua estrutura. Não só a humidade escapa através das cutículas excessivamente elevadas, como também o cabelo encaracolado fica coberto com uma camada mais fina de sebo, que protege. Porquê? Os caracóis não ficam planos ao tocar na cabeça, pelo que não têm a oportunidade de recolher o sebo necessário segregado pelas glândulas localizadas no couro cabeludo. Por outro lado, esta situação tem as suas vantagens, porque este tipo de cabelo fica oleoso muito mais lentamente. A desidratação é um dos principais problemas que as pessoas com cabelo encaracolado têm de enfrentar, mas não é o único. 

Os problemas mais comuns do cabelo encaracolado:

  • é muitas vezes seco, áspero e quebradiço
  • é muito mais suscetível aos danos
  • é mais suscetível aos nós, e penteá-lo é um desafio
  • falta-lhe brilho e elasticidade
  • sem o suporte adequado, tem tendência a ficar frisado e estático 
  • não é possível alisá-lo facilmente
  • é baço porque refrata menos luz

Porque é que o cabelo encaracolado não cresce?

Para quem tem cabelo encaracolado natural, deixar crescer o cabelo pode ser muito complicado. Quanto mais fechados forem os caracóis, mais difícil é notar qualquer aumento no comprimento do cabelo. Esta é uma das perguntas mais frequentes: Porque é que o meu cabelo não cresce? É claro que cresce! É apenas mais difícil notar a evolução. 

ROTINA DE CUIDADOS PARA CABELOS ENCARACOLADOS 

Como cuidar bem do cabelo encaracolado? Antes de mais, é preciso ter em conta que será necessário o dobro do tempo diário do que para as pessoas com cabelo liso, porque os caracóis são muito exigentes e "temperamentais". Os cuidados e a estilização de cabelos encaracolados são um enorme desafio até para cabeleireiros experientes! Aqui estão as regras mais importantes que ajudarão a simplificar um pouco os cuidados diários do cabelo encaracolado.

Três fases dos cuidados profissionais do cabelo encaracolado

  1. Hidratação em profundidade - a primeira fase inclui o fornecimento de ingredientes que irão ligar as moléculas de água no interior do cabelo (ácido hialurónico, ureia, pantenol, aloé ou mel).
  2. Regeneração e reforço - a segunda fase consiste na utilização de produtos ricos em substâncias essenciais, como seda, queratina, colagénio e as proteínas do trigo, da soja e do leite. 
  3. A proteção completa contra a perda de humidade e os fatores prejudiciais (por exemplo, temperaturas baixas ou altas, radiação solar, etc.) graças a emolientes como os óleos capilares ou os silicones é a última, mas não menos importante, fase da rotina adequada de cuidados para cabelos encaracolados. 

Como lavar o cabelo encaracolado corretamente?

O princípio mais importante: o cabelo encaracolado deve ser lavado com menos frequência. Para não evitar os caracóis frisados, é preciso não ter pressa. Não ande por aí com o cabelo oleoso durante semanas, pois pode contribuir para a formação de caspa. O cabelo encaracolado não gosta de nenhum tipo de exagero. A lavagem frequente enfraquece os caracóis e aumenta a desidratação, porque os detergentes eliminam pequenas quantidades de sebo essenciais para manter um nível de hidratação adequado. Com que frequência lava o seu cabelo encaracolado? De preferência, não mais do que uma vez de dois em dois dias. A solução ótima é duas lavagens por semana.

Além disso, deve considerar mais alguns aspetos. O ideal é lavar o cabelo encaracolado com a cabeça inclinada para baixo. Graças a este método, aumentamos o volume e podemos penteá-lo facilmente. Além disso, é importante usar água fria ou morna para lavar e remover os cosméticos, porque o calor levanta as cutículas. Não se esqueça de tratar o seu cabelo com delicadeza, evite despentear ou puxar os fios. Além disso, o champô deve ter uma composição suave. 

Como pentear o cabelo encaracolado? - seco? molhado?

Partiu-se do princípio de que os cabelos encaracolados e ondulados devem ser escovados apenas húmidos. E com razão, porque, neste caso, pentear os caracóis secos é uma forma simples de os arrancar e quebrar. Em vez de pentear os caracóis secos, é preferível penteá-los imediatamente após a lavagem. Mais tarde, isto facilitará a secagem e evitará o efeito frisado. Recomendamos que penteie o seu cabelo encaracolado logo após a aplicação de um condicionador ou óleo, ou mal acaba de remover um cosmético. Desta forma, o cabelo fica sedoso e diminui o risco de danos.

É importante que saiba como pentear corretamente o seu cabelo encaracolado. No entanto, é igualmente importante saber o que utilizar para o efeito. Os melhores acessórios para o cabelo encaracolado são os mais simples. Um pente de madeira de dentes largos ou o popular Tangle Teezer é o acessório perfeito. Os cabelos encaracolados também beneficiam da utilização de uma escova com cerdas grossas e esparsas, de preferência feitas de materiais naturais ou com função de ionização.

Como secar o cabelo encaracolado?

Neste caso, é boa ideia abdicar completamente do secador de cabelo, que pode aumentar o problema da perda de humidade, do efeito frisado ou arrepiado. Deixe o cabelo secar ao ar livre; é o método mais benéfico. No entanto, se não tiver oportunidade de o fazer, fique a saber como deve secá-lo sem causar mais danos. O melhor é fazê-lo com a cabeça inclinada para baixo, amassando suavemente o cabelo com os dedos, o que permite dar volume e realçar os caracóis. Além disso, a utilização de secador de cabelo com difusor é vantajosa, mas lembre-se de utilizar apenas as definições frias. O que fazer para evitar que o cabelo encaracolado fique frisado? Antes de secar, aplique um pouco de óleo hidratante e protetor de calor no cabelo.

Estes são os cosméticos mais recomendados para cabelos encaracolados:

  • O champô para cabelos encaracolados deve ser delicado. Seria preferível que o produto fosse à base de extratos vegetais e não incluísse detergentes fortes (SLS, SLES). Um champô para bebés pode ser o seu produto de eleição para uma utilização diária. De duas em duas semanas, pode utilizar um cosmético mais forte para remover qualquer acúmulo de produtos e sebo do couro cabeludo. 
  • O condicionador para cabelos encaracolados deve facilitar a escovagem, suavizar e hidratar profundamente. Os melhores produtos incluem emolientes que proporcionam proteção contra a desidratação, sem sobrecarregar os fios. Este tipo de cosmético também deve aumentar o brilho e melhorar a suavidade devido à sua composição hidratante e nutritiva. 
  • Um creme ou musse de estilização para cabelos encaracolados ajudará a disciplinar os fios rebeldes, aumentar o brilho e definir o penteado. Se tem estado a pensar numa forma de intensificar os caracóis, não hesite em escolher algo da vasta oferta de produtos para modelar o cabelo encaracolado. No entanto, vale a pena lembrar que a sua utilização excessiva pode contribuir para o enfraquecimento do cabelo e para o desenvolvimento de caspa.

Atenção! Todos os cosméticos para cabelos encaracolados podem ser eficazmente substituídos por óleos naturais, que nutrem em profundidade, hidratam totalmente e protegem e facilitam a estilização. São os substitutos benéficos das máscaras, cremes e bálsamos capilares. No entanto, é preciso determinar qual o melhor óleo para cabelos encaracolados. A escolha correta é uma garantia de sucesso.

Aplicação de óleo no cabelo encaracolado 

Em muitas outras entradas deste blogue, pode ser encontrada muita informação sobre o modo como a utilização de óleo capilar influencia o estado do cabelo. Os óleos capilares naturais são uma fonte inesgotável de valiosas vitaminas, minerais e ácidos gordos. Estes últimos são especialmente essenciais para o cabelo encaracolado, porque reforçam as estruturas externas e a camada hidrolipídica natural. Graças a esta particularidade, o óleo para cabelos encaracolados proporciona o nível adequado de hidratação, suavidade, brilho, elasticidade e proteção contra os factores prejudiciais. A chave para o sucesso é escolher o óleo certo.

Que tipo de óleo será mais benéfico para o cabelo encaracolado? Os mais recomendados são os ricos em ácidos gordos polinsaturados dos grupos ómega 3 e ómega 6. O cabelo encaracolado apresenta porosidade alta e deve ser tratado com óleos que tenham partículas grandes. Assim, quando escolher o seu óleo para cabelos encaracolados, considere adquirir os segintes:

No entanto, convém ter em conta que os caracóis não vão gostar do óleo de coco, que pode aumentar o efeito frisado. Também é melhor evitar o óleo de rícino, que é demasiado espesso para uma estrutura capilar deste tipo. Se tiver problemas com a escolha de um óleo natural e ainda não souber que óleo irá funcionar no seu caso, pode optar por uma solução já preparada, como por exemplo: Nanoil para cabelo com elevada porosidadeTrata-se de um produto com uma ação abrangente, que contém tanto óleos ideais para cabelos encaracolados, como componentes adicionais valiosos, incluindo vitaminas e proteínas.

Sinta-se à vontade para partilhar connosco a sua opinião sobre o artigo.


Comentários: #0


Adicione o seu comentário. Será publicado assim que for aprovado pelo moderador.
Óleo de rícino
Óleo de argão
Óleo de jojoba
Spray de proteção térmica
Sérum facial com retinol
Política de Privacidade

O nosso website utiliza cookies, incluindo cookies de terceiros para utilização de ferramentas externas. Se o utilizador não der o seu consentimento, apenas os cookies essenciais serão utilizados. Pode mudar as definições no seu navegador a qualquer altura. Autoriza a utilização de todos os cookies?

Política de Privacidade