Tratamento capilar com óleo quente - O poder extremo da nutrição

Tratamento capilar com óleo quente - O poder extremo da nutrição

O tratamento capilar com óleo tem diferentes nomes e versões. Existem tantos métodos que pode utilizar um diferente todos os dias e desfrutar de uma rotina de cuidados capilares variada durante um mês ou mais. Como é que isso é possível? Até mesmo a aplicação de um óleo natural nas pontas do cabelo pode ser chamada de "lubrificação" (trata-se simplesmente de um contacto entre o cabelo e os óleos).

Para obter os melhores efeitos do tratamento capilar com óleo, deve optar por uma versão que garanta uma reparação e nutrição profundas. O melhor método de lubrificação não só beneficia o seu cabelo, como também fortalece os bulbos e cuida do couro cabeludo. Para os habitantes da Índia, é o único tratamento original e muito apreciado que é realizado nos salões de cabeleireiro. É conhecido há muito tempo e está descrito na Ayurveda, a medicina e filosofia orientais.

O tratamento tradicional com óleos capilares consiste em espalhar um óleo no cabelo e no couro cabeludo. Desta forma, as moléculas do óleo penetram nos bulbos, melhorando o seu estado, nutrindo, fortalecendo e reparando. Ao mesmo tempo, nutrem o couro cabeludo e reparam os microdanos em toda a superfície do cabelo.

O tratamento do cabelo e couro cabeludo com óleos também pode ser realizado de várias formas. O tratamento com óleo quente é um dos métodos mais populares e eficazes. Porque é que produz efeitos tão positivos? Que benefícios traz? Como realizar o tratamento com óleo quente? Aqui tem um guia completo.

Em que consiste o tratamento do cabelo e couro cabeludo com óleo quente?

Consiste na aplicação de um óleo aquecido no cabelo. Pode aplicar usando diferentes técnicas (como aplicar um óleo morno no cabelo seco ou lavar o cabelo e aplicar um óleo nos fios húmidos). Ainda assim, dois condições devem ser cumpridas:

  • o óleo deve ser aquecido antes de aplicado
  • o óleo é aplicado no cabelo e, acima de tudo, no couro cabeludo

 

Tratamento capilar com óleo quente – efeitos

É um tratamento capilar extremamente regenerador e reparador. Nesta versão, o óleo alcança as camadas capilares mais profundas mais facilmente.

Porquê? A física oferece a melhor explicação. As moléculas quentes movem-se mais rapidamente, pelo que penetram sob as escamas da cutícula de forma mais fácil e eficaz. Utilizando uma metáfora - as moléculas do óleo frio são "preguiçosas" e quando aquecemos o óleo, elas obtêm a energia e o poder de que necessitam para reparar o cabelo. É por isso que o tratamento com óleo quente proporciona os melhores resultados, nomeadamente:

  • o óleo penetra mais rapidamente no cabelo
  • o óleo quente atua intensamente a partir do interior
  • depois de aquecido, o óleo é mais fácil de aplicar
  • o tratamento com óleo quente nutre e repara os bulbos
  • aumenta o fluxo sanguíneo no couro cabeludo
  • as moléculas quentes cuidam melhor do couro cabeludo
  • o óleo fortalece, protege o cabelo e dá-lhe elasticidade
  • o tratamento com óleo quente intensifica o brilho e a vitalidade do cabelo
  • repara rapidamente o cabelo e previne o seu enfraquecimento
  • estimula o crescimento do cabelo

Tratamento capilar com óleo - como executar? Guia detalhado

  1. Lave o cabelo – a aplicação de um óleo nos fios húmidos é a melhor e mais intensiva forma de cuidados capilares. Apresenta uma enorme vantagem: o óleo atua com um poder intensificado porque a água abre as cutículas. A lavagem liberta o cabelo e o couro cabeludo das toxinas, do sebo e da acumulação de cosméticos que poderiam tornar o tratamento com óleo menos eficaz.
  2. Aqueça o óleo. A maneira mais fácil é o chamado banho-maria. Deita-se o óleo numa taça pequena e coloca-se a taça numa panela com água quente, lembrando que a temperatura deve estar entre 40 °C e 55 °C. Os óleos aquecem rapidamente, pelo que pode aplicá-los no cabelo após alguns minutos.
  3. Aplique o óleo no couro cabeludo. Penteie o cabelo, divida-o em secções e cubra gradualmente o couro cabeludo com o óleo ao longo de cada porção. O cabelo e o couro cabeludo devem estar gordurosos, mas o óleo não pode escorrer.
  4. Aplique o óleo no comprimento do cabelo. As moléculas aquecidas começam a penetrar nos fios húmidos e o cabelo começa a "beber" o óleo. Isto significa uma coisa: o óleo começa a atuar no interior e no exterior do seu cabelo.
  5. Proteja o cabelo – coloque uma toalha ou touca de banho. Deixe o óleo atuar de 30 minutos a algumas horas. A particularidade do óleo é o facto de não ser possível usá-lo em demasia. Pode até deixá-lo atuar durante a noite (neste caso, o óleo deve ser aplicado no cabelo húmido). Os óleos pertencem a um grupo de emolientes seguros que proporcionam benefícios maravilhosos ao couro cabeludo e ao cabelo.
  6. Retire o óleo. Utilize um champô delicado que seja suave para o couro cabeludo.

Tratamento capilar com óleo quente – truques e dicas

  1. Quando escolher um óleo para o tratamento com óleo quente, lembre-se de que este entra em contacto com a pele. É por isso que deve escolher um óleo ou uma mistura de óleos bem composta que tenha ingredientes seguros – livres de silicones, parabenos, derivados de petróleo e outros irritantes. As melhores misturas incluem óleos extraídos por compressão a frio e substâncias que condicionam o cabelo e o couro cabeludo (ervas, queratina, vitaminas, pantenol, lanolina, filtro UV).
  2. É boa ideia investir numa touca de cabelo profissional. Coloca a touca no cabelo coberto de óleo e evita que o óleo fique impregnado na toalha, evitando surpresas desagradáveis, como manchas de gordura na roupa ou nas almofadas.
  3. O ar quente morno de um secador de cabelo é outro aliado dos óleos capilares. Não hesite em direcionar o fluxo de ar quente do secador de cabelo para o cabelo e o couro cabeludo. Assim, as cutículas do cabelo levantam-se e as moléculas do óleo aquecem, para uma absorção mais rápida e melhor. Graças ao calor, a circulação sanguínea no couro cabeludo aumenta e os bulbos capilares são estimulados.
  4. Um condicionador após a lubrificação. É uma salvação para quem tem o cabelo danificado ou quando um champô suave não remove bem o óleo. Para emulsionar o óleo do cabelo (por outras palavras - neutralizá-lo) e facilitar o enxaguamento, pode aplicar um condicionador, um bálsamo ou uma máscara alguns minutos antes do champô. Dois benefícios adicionais: nutrição adicional e facilidade de remoção do óleo. 

Sinta-se à vontade para partilhar connosco a sua opinião sobre o artigo.


Comentários: #0


Adicione o seu comentário. Será publicado assim que for aprovado pelo moderador.
Óleo de rícino
Spray de proteção térmica
Óleo de jojoba
Óleo de argão
Sérum facial com vitamina C
Política de Privacidade

O nosso website utiliza cookies, incluindo cookies de terceiros para utilização de ferramentas externas. Se o utilizador não der o seu consentimento, apenas os cookies essenciais serão utilizados. Pode mudar as definições no seu navegador a qualquer altura. Autoriza a utilização de todos os cookies?

Política de Privacidade